terça-feira, 10 de novembro de 2009

Entrevista com Irmão André Karim - Mestre Conselheiro Estadual do Mato Grosso (GCE/MT - SCODRFB)!!!

Meus Irmãos da Comissão,


Chegamos ao final desta série de Entrevistas denominada: “NOVAS CRUZADAS: UMA VISÃO DA ORDEM DeMOLAY BRASILEIRA”, o nosso entrevistado desta semana é o Irmão André Luis Karim de Brito, Past Mestre Conselheiro do Capítulo Alexandre Carlos Pierre Nº 308, da cidade Cáceres/MT e no último Congresso Estadual do MT, foi eleito MESTRE CONSELHEIRO ESTADUAL. Ele representará em nossa ÚLTIMA PARADA desta SAGA. Depois desta, cada um pode traçar um perfil das Regiões DeMolays do Brasil, vamos acompanhar então as respostas do nosso Irmão:







"Nosso objetivo é fazer uma gestão Controlada, cheia de idéias vindas das fileiras, ter capítulos regulares e comprometidos" (André Karim, Novembro/2009)


1) André, como é “regra” em todas as nossas Entrevistas, explicite a todos, o seu PERFIL COMPLETO (nome, onde nasceu, quando, definições, idéias) “cartão de visitas” para que o conheçamos melhor..

R – Bom, meu nome é André Luis Karim de Brito, mais chamado pelos Ir’s do meu cap. como ‘André Karim’. Nasci na cidade de Araputanga – MT, no dia 16 de Março de 1989. Iniciei na Ordem DeMolay com 16 anos, Curso Ciencias da Computação na Unemat (Universidade do Estado de Mato Grosso) na cidade de Cáceres, lugar onde moro desde meus 2 anos de idade. E luto sempre pela Formação de Líderes que beneficiarão nossa sociedade com integridade, imparcialidade, justiça e respeito.

2) Como, onde, quando e em que circunstâncias você conheceu a Ordem DeMolay e foi convidado a integrar as nossas Fileiras?

R – Tinha mais ou menos 14 anos quando meu Primo mais velho Ivan Macedo ingressou na Ordem, mas por não conhecer e por um pouco de ‘medo’ rss.. nunca perguntei nada a respeito... depois de um tempo meu Primo mais novo Hanner Karim, PMC do cap. iniciou na Ordem .. onde Logo em seguida me fez o Convite..!Mas antes disso já havia sido convidado por um amigo.. porém eu participava do LEO CLUBE e achei melhor não me comprometer mais ainda.Iniciei no dia 09/04/2005 no capítulo Alexandre Carlos Pierre n° 308 na cidade de Cáceres.

3) Em 2004, como todos sabemos, a Ordem DeMolay Brasileira dividiu-se em 2 Supremos Conselhos. No seu Estado, o Mato Grosso, como funciona a relação entre Capítulos de Supremos diferentes? O que você pensa a respeito desta “nova realidade” da Ordem DeMolay em nosso País? E mais especificamente, qual é a sua VISÃO de tudo isso no âmbito da Região CENTRO-OESTE do Brasil, já que você é o escolhido por este BLOG para representá-la nesta série de entrevistas?

R – Bom, aqui no MT.. pelo menos que eu tenha conhecimento, os capítulos de Supremos diferentes se dão Muito bem, tanto que com a ‘liberação da inter-visitação’ vários capítulos já estão se visitando.
Eu sempre admirei a Fraternidade da Ordem DeMolay e as Virtudes, tanto que quando a conheci, me identifiquei e passei a me dedicar somente a ela (na questão de instituição). Todos nós somos Iniciados em uma Mesma Fraternidade e isso nos faz Irmãos, independente de Supremos ou quaisquer mudanças que venham ocorrer na administração. Gosto e costumo participar de eventos do Supremo do RJ, é claro quando tenho permissão para isso. Fui ao CEOD-MT na cidade de Mirassol D’oeste realizado pelo cap. Ronan Borges Alves do outro Supremo, no corrente ano, e fui muito bem recebido.

4) Qual seria, também na sua visão, o principal OBJETIVO da Ordem DeMolay nos dias atuais? Continuam os mesmos de 1919 quando ela foi criada? Se não, em que se modernizaram?

R – Essa opinião varia um pouco, pois a cada dia, a cada experiência, situações que vivencio, trago muitas lições que a ordem DeMolay me passa durante minha trajetória. A Formação de Líderes sempre será o Principal objetivo da Ordem DeMolay. Mas para a ‘formação de um líder’, muitos aspectos tem que ser aperfeiçoados no ‘jovem’, como caráter, boa conduta etc...
Houve vezes que em meu cap. queriam iniciar jovens que não tinham boa conduta, na esperança de que lá eles iriam melhorar. Porém, acreditamos que a Ordem DeMolay não é um ‘REFORMATÓRIO’ e ali estão jovens que são bons e querem ser Melhores.
Não querendo estender essa discussão pelo fato de ser relativo o “Ser Bom”, termino esse assunto por aqui mesmo.

5) Você como um DeMolay Ativo que ainda o és, o que pretende como MAIOR objetivo, agora que sois Dirigente do GABINETE ESTADUAL MATOGROSSENSE. Também o que esperas do GRANDE CONSELHO ESTADUAL do ESTADO DO MATO GROSSO e do SUPREMO CONSELHO DA ORDEM DeMOLAY PARA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL? Qual a sua expectativa para o seu Estado e Região?

R – *Fazer uma gestão Controlada, cheia de idéias vindas das fileiras, ter capítulos regulares e comprometidos.
*Do GCMT, o apoio e a certeza que a causa da Ordem e seus membros sempre prevalecerá para que possamos fazer mudanças sempre pra melhor.
*Respeitar os demolays acima de qualquer cargo e aumentar o numero de filantropias.
*Trabalhar com irmãos determinados com a causa e os baluartes aos quais fizemos nossos juramentos.
*Lutar para que o Estado de Mato Grosso mantenha sua tradição, pois só assim haverá crescimento, com muita humildade, passo – a – passo, através de planejamento e ações com todas as diretorias sejam elas quais forem.
...Enfim tudo de Melhor Possível.

6) Qual seria a PRINCIPAL MUDANÇA Administrativa que tentarás implantar no MATO GROSSO e qual delas sugeririas para melhorar ainda mais ao Supremo Conselho, contemplando assim as diversas realidades deste nosso país?

R – Principal é reforçar os capítulos em necessidade nivelando os mesmos, quanto ao grande conselho um acesso mais viável a eles com canal direto das diretorias estaduais as nacionais e também um reforma no RGO do estado que já está obsoleto com a realidade atual (MT no caso) criando como, por exemplo, no código de ética as funções de cada cargo, como o GC funcionaria como “denunciário” e processos administrativos sem merito pra julgamento como funciona o ministério público e as demais formalidades tomadas pelos gabinetes estaduais. Apenas uma forma de legalizar as coisas de uma forma mais correta e alinhada com a sociedade em que vivemos já que foi citado “nível país”.



7) Assim como fizemos em todas as entrevistas da série “CRUZADA”, com os MESTRES CONSELHEIROS que representaram as Regiões Sudeste, Nordeste, Norte e Sul, te pedimos também que deixe no ar alguma dica para a Comissão Organizadora do 6º CONGRESSO NACIONAL, que será realizado em julho/2010, na capital federal, Brasília: O que você como DeMolay Ativo, da Região Norte do Brasil, gostaria de ver sendo discutido ou palestrado durante estes 3 dias em que ocorre?


R – Gostaria que Fosse Discutida a Votação para o Cargo de MCN. Pois se cada MCE é digno representante de seu estado, cabe a ele votar em nome do mesmo. Sem falar que se o Candidato estiver em seu Estado, é claro que haverão Muitos mais MC do seu estado, facilitando assim sua “vitória”.


8) Você ainda tem Aspirações de ir ALÉM na Ordem DeMolay, ou alcançando o cargo de MCE/MT, atingistes o seu objetivo máximo, antes de tornar-se 1 Sênior DeMolay?

R – Na verdade, por eu já ter 20 anos, quando acabar o mandato de MCE-MT já terei 21 completos, me impossibilitando assim, de ocupar qualquer outro cargo.
O que vier pela frente será lucro e conseqüência do trabalho realizado hoje e sempre.


9) Você é um ACADÊMICO do 4º Semestre do Curso de CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO; da Universidade do Estado do Mato Grosso – UNEMAT. Porque escolhestes este ramo? Foi por vocação? Por influência ou exemplo de alguém? Pelo aquecimento de vagas neste Mercado de Trabalho? Enfim, fale de suas expectativas para o rumo Profissional de sua vida.

R – Na Verdade, na época que eu passei no Vestibular, eu vivia um momento “turbulento”, uma passagem ruim da minha vida. Como se não bastasse ainda não passava no vestibular para Direito. Por causa das freqüentes pressões que vinham da minha família eu resolvi prestar para um curso menos concorrido e passei.
Fui levando e continuo levando o curso. Não que eu tenha gostado (detesto o curso), mas já que estou na metade vou terminar para que depois possa prestar para Relações Públicas na UFMT.
PS: não acredito mais que o Curso de Direito se encaixa no meu Perfil.
Hehehehe !!


10) Você já acompanhou alguma Entrevista no BLOG DO OMAR? O que achou deste novo espaço na Internet que objetiva trazer à presença de todos, pessoas conhecidas nacionalmente, outras não, de maneira a dar oportunidade a todas as camadas da Ordem DeMolay de exporem suas opiniões e idéias? Algum recado específico para o Mantenedor e Leitores deste BLOG? O que tem a falar sobre esta “saga”: “NOVAS CRUZADAS: UMA VISÃO MODERNA DA ORDEM DeMOLAY BRASILEIRA” que se encerra com esta sua entrevista e passou por todas as 5 Regiões do Brasil?

R – Não, nunca tinha visto antes o blog no Omar. Achei o espaço muito interessante principalmente pelo fato de todas as camadas da Ordem DeMolay poderem expor suas idéias e opiniões. Continuem mandando sugestões e experiências para que todos nós possamos aprender e ensinar um pouco uns para os outros. A iniciativa de criar um espaço de repercussão em âmbito Nacional para podermos falar sobre a Ordem DeMolay é simplesmente ÓTIMA e está de PARABÉNS!

11) Qual foi o momento que mais te MARCOU, até agora, em sua trajetória como DeMolay? Alguma passagem que nunca tenha se apagado de vossa memória? Alguma personalidade que você tenha conhecido que pense que nunca se esquecerá dela?

R – O meu amadurecimento no cargo de MC do meu capítulo e a mudança na “visão de mundo”. E depois que a gente entrega o cargo e volta para as fileiras, a sensação é estranha e ao mesmo tempo maravilhosa, Inexplicável.

12) Este espaço, sempre igual em todas as nossas Entrevistas, é livre para que o entrevistado deixe uma mensagem final a todos os Leitores do BLOG DO OMAR.

R – Força e Honra Sempre!

Um comentário:

  1. Muito bem Omar. Entrevistas sempre me bom nível. Parabéns também ao Sobrinho André Karim e que Deus o ilumine nesta difícil caminhada como MCE. Nunca ocupei o cargo, mas desde 2005 que acompanho de perto os MCE's de meu Estado e sei como é pesada a função. Valeu mesmo!

    ResponderExcluir